Laudo Complementar à Prova do Tiro do Laço

Laudo Complementar à Prova do Tiro do Laço                                                                                                                       realizada no Estado do Rio Grande do Sul   (05 de março de 2015)

As diferenças de características das provas de rodeio, de uma região para outra, não suprimem o que há de fundamental em todas elas:

o sofrimento dos animais que são constrangidos a participar de um evento que busca diversão exclusivamente dos seres humanos e não deles.

Particularmente nas Provas de Tiro do Laço, os animais perseguidos são muito jovens, quase sempre garrotes (designação zootécnica para bovinos de cerca de 12 a 18 meses) e por vezes até bezerros, o que pode ser constatado até pelos correspondentes vídeos disponíveis na internet.

 

botao-download