Do Átomo ao Arcanjo. A trajetória evolutiva do ser

Encontramos a expressão “do átomo ao arcanjo”, em O Livro dos Espíritos (LE.), de Allan Kardec, item 540, em que lemos:  “…  É assim que tudo serve, tudo se encadeia na Natureza, desde o átomo primitivo ao arcanjo, pois ele mesmo começou pelo átomo. Admirável lei de harmonia, de que o vosso Espírito limitado ainda não pode abranger o conjunto!” Embora a expressão arcanjo não conste de a “Escala Espírita” (LE. 100 a  113), no item 128 desse mesmo livro encontramos a referência de que o que chamamos de anjos, arcanjos e serafins, correspondem a espíritos puros, que estão no mais alto grau da escala e reúnem em si todas as perfeições.

botao-download