O ESPÍRITO EM AÇÃO: INTEGRANDO CÉREBRO, MENTE E CITOPLASMA

Na gloriosa manhã de 22 de outubro de 1850, conforme registra textualmente a história (1), o médico e professor alemão Gustav Theodor Fechner (1801 – 1887) teria se mostrado extremamente preocupado com as tendências materialistas de seu tempo. Entendia como lamentável, que a relação entre mente e matéria estivesse fora da mediação científica. Dedica-se ao assunto e dez anos depois (1860) publica sua expressiva obra “Elementos de Psicofísica”, focalizando o papel da ciência exata nas relações funcionais entre corpo e mente, bem como expressando o conceito de que o físico e o psíquico são dois aspectos da mesma realidade.

Após 150 anos da obra de Fechner, as tentativas da ciência para desvendar o grande mistério da interação mente – matéria ainda permanecem no terreno das hipóteses. Mas, já surge  alguma  luz no final do túnel.

botao-download